Publicado em: 14/08/2015
RODOVIÁRIA RECEBE REFORMA, DEPOIS DE MUITAS CRÍTICAS
Por Edson Lima
Nerópolis - GO

Em reportagem da Nerópolis In Foco, no mês de julho de 2014, foram mostradas as péssimas condições do prédio e estrutura daquela rodoviária, que a mostrava com uma das piores do País. A publicação da chamada da matéria no Face Book, culminou com uma “chuva” de reclamações, denuncias e achincalhamentos contra a Administração Municipal.

Passados 13 meses, nossa reportagem voltou ao local e viu, com satisfação, que muitos dos problemas apontados foram solucionados, numa reforma que buscou trazer conforto e mais segurança para os passageiros.

Novos bancos foram colocados no pequeno salão de espera, a pintura foi toda refeita e o piso recebeu porcelanato cor de madeira, melhorando sensivelmente o visual de todo o ambiente.

Outra boa novidade pode ser notada nas instalações dos banheiros, que receberam pias em bancadas de granito, torneiras e vasos novos e mais modernos, ganhando um banheiro confortável e bem adaptado para os usuários portadores de necessidades especiais.

















RODOVIÁRIA DE NERÓPOLIS. TALVEZ A PIOR DE TODO O ESTADO


Andando na contra- mão da realidade, de nossa Cidade, que vem experimentando nos últimos anos, um crescimento invejável, nos mais diversos segmentos sociais, o espaço chamado de Rodoviária, além de acanhado e insuficiente para atender a grande demanda de passageiros e veículos, no seu dia a dia, parece que foi totalmente abandonado.

Vitima de erros sucessivos dos vários Prefeitos anteriores, desde a sua construção, levado a cabo por Milton Santana, numa época em que a SUTEG, órgão do Estado, ligado ao transporte intermunicipal, doava aos municípios uma Rodoviária totalmente edificada, com recursos do Estado, bastando, para isso, apenas uma requisição, como foram os casos de nossas vizinhas, Nova Veneza e Damolândia, entre outras dezenas e dezenas de cidades, nossa rodoviária continua a nos envergonhar.

O Prefeito Milton Santana, vendo na construção, uma boa chance de inaugurar uma obra, preferiu não buscar a ajuda oferecida pela Suteg, edificando a singela Rodoviária que até hoje não recebeu nenhuma ampliação.

No governo de Paulo Bernardes, uma área anexa foi destinada a construção do Terminal do Trabalhador, órgão que fornecia café da manhã a todos os chamados boias frias, que na época trabalhavam nas lavouras de alho e nos cafezais em todo o Município.

Ao ser eleito, Dr, Gaspar extinguiu o Terminal do Trabalhador, transformando o local em uma simples garagem municipal, perdendo a chance de construir ali uma rodoviária de verdade.

Wilmar Teixeira e Gil Tavarez, também não colocaram um só tijolo naquele espaço, sendo que o mesmo vem acontecendo nestes quase dezoito meses da administração de Fabiano Luiz. Enquanto isso, o Terminal de Transportes, que é visto por todos os municípios, como sendo o "cartão de visitas" de suas cidades, causa constrangimentos em muitos cidadãos neropolinos.

Qualquer um que visitar a nossa Rodoviária vai constatar, in loco, que os passageiros estão insatisfeitos, os motoristas dos ônibus e os taxistas reclamam do desconforto e, principalmente, do estado de abandono dos banheiros mal cheirosos, com louças sucateadas torneiras sem água e paredes pichadas.

Na fachada do velho prédio, sequer existe o nome de Rodoviária, num espaço que embarca centenas de passageiros, todos os dias, para Anápolis, Goiânia e até mesmo para Brasília. Isto sem falar nos inúmeros viajantes que ali buscam ônibus para Inhumas, Petrolina e enfim, para toda a região norte do Estado e do Pais.

Em contato com o Secretário da Administração do Prefeito Fabiano, Maurício Rodrigues de Carvalho, obtivemos a informação de que a Prefeitura de Nerópolis está buscando uma parceria com uma empresa privada, para levar a cabo, um projeto já existente, de construir uma grande rodoviária num terreno próximo ao Posto Tabocão.



















 
PUBLICIDADE

>>> Outras Noticias <<<
Nerópolis in Foco  
Nerópolis In Foco. (62) 99917-2379
edson.neropolis@gmail.com