Publicado em: 09/12/2016
SERRA E ALCKIMIN, AMBOS DO PSDB, RECEBERAM MILHÕES DA ODEBRECHET, SEGUNDO DOCUMENTOS PUBLICADOS NESTA DATA (09/12/2016, NA FOLHA DE SÃO PAULO.
Por Edson Lima
Nerópolis - GO

Para Geraldo Alckimin os valores teriam sido repassados para as campanhas de 2010 e 2014, nas disputas para o Governo de São Paulo, segundo informaram executivos da Odebrechet. Todos os valores foram entregues em dinheiro vivo, a pessoas ligadas diretamente ao Governador.

Um dos repasses teria sido entregue a Ademar Ribeiro, irmão de Lu Alckimin, esposa do chefão do Governo Paulista, isto em 2010 Já em 2014, o dinheiro da corrupção passou pelas mãos de outro elemento de confiança de Alckimin, o Sr. Marco Monteiro, o atual Secretário de Estado de Planejamento, do Governo Paulista.

O atual Ministro de Temer, José Serra, apontado como um dos homens fortes do esquema da “Privataria Tucana”, onde bilhões de reais foram desviados nas privatizações das Telecomunicações e dos Bancos brasileiros, segundo o Escritor Amauri Júnior, autor de uma interessante obra, que conta todas as barbaridades ocorrida no Governo de FHC, volta a ter o seu nome ligado a um escândalo, por constar nas delações da Odebrechet.

Serra teria embolsado R$ 23.000.000,00 (vinte e três milhões) de reais, só da Odebrechet, quando de sua campanha à presidência, nas eleições de 2010.

A matéria esta publicada na Folha de São Paulo, edição desta data, 09 de dezembro de 2016, com todos os detalhes. Também a Uol.com reproduziu a matéria, que pode ser acessada pela internet.




Alckimin, do PSDB Goverandor de São Paulo



José Serra, também do PSDB.Um veterano em envolvimentos nebulosos
 
PUBLICIDADE

>>> Outras Noticias <<<
Nerópolis in Foco  
Nerópolis In Foco. (62) 99917-2379
edson.neropolis@gmail.com